Quarta-feira, 7 de Julho de 2010

Até onde vai o silêncio?

Quando queremos dizer mais do que as palavras podem representar.

Quando apenas conseguimos dizer o obvio e o conhecido.

Incapaz, calamos as vozes que nos inflam o peito.

Acuados, recorremos ao silêncio.

 

Talvez a imensidão do vazio, sonoro, verbal.

Represente melhor o sentir da alma.

Do que palavras postas, por mentes avidas.

Em papel estéril. Com ordem e razão.

 

Talvez, nem mesmo o mais iluminado dos poetas capacidade teria.

Se aproximar de certo ele iria, mas apenas a rodear ficaria.

Talvez, somente um louco, em palavras, expressar conseguiria.

Mas oque as palavras de um louco, adiantaria?

 

Mesmo que fosse um poeta ou o mais iluminado deles.

Seria eu capaz de dizer uma só palavra digna sobre o que sinto?

Talvez como um louco devesse tentar. Mas o que adiantaria?

Como um louco escrever, se minhas palavras, você não entenderia.

 

Por isto que sigo em silêncio.

Pois talvez o silêncio, seja a mais pura forma de expressão.

Não pode ser distorcido em nem mesmo calado.

Só pode ser ouvido pelos que calam o coração.


publicado por oeremitaurbano às 23:19
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De M.Luísa Adães a 25 de Julho de 2010 às 10:00
Eremitaurbano

Ser eremita urbano não é fácil, mas é possível.

Como tu dizes:

"A imensidão do vasio, verbal
Nos mostra o verdadeiro sentir da alma"

E o silêncio puro é a forma mais bela de dizer...

Meu eremita que caminhas num mundo de todos e
crias um mundo só teu - apenas teu.

Te acompanho, neste momento - só meu...

Com ternura,

Maria Luísa Adães


De M.Luísa Adães a 1 de Setembro de 2010 às 11:26
Até onde vai o silêncio? Pergunto eu!

Quando vêm até mim, teus versos lindos e tua presença?

Espero sempre por ti de preferência no:

http://os7degraus.blogspot.com

Saudades, muitas,

Mª. Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Transbordar de emoção

. Mortiço

. A loucura de se perceber ...

. Até onde vai o silêncio?

. Estou de volta.

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

.subscrever feeds